Páginas

quarta-feira, 2 de março de 2011

Doulas respondem...

Qual o melhor lugar para parir? Em casa ou no hospital? são 3 parteiras que vão responder.
Não tem um melhor lugar, depende do que a mulher quiser e o que fizer com que ela se sinta mais segura. Você tem que sentir que é um lugar especial e se sentir bem. Se tem alguma complicação já é mais seguro que o parto ocorra no hospital, nossa casa é um lugar muito confortavel de parir, mas algumas maternidades também estão mais adaptadas para trazer um pouco desse conforto.
 
E você, seu marido ou sua doula, podem tornar o ambiente mais aconchegante, para que você fique mais relaxada. Esse é o segredo na verdade, é a mulher sentir relaxada, tranquila, porque assim ela vai relaxar todo o corpo facilitando o parto.
Doula também é parteira?
Absolutamente não, a parteira pode ter feito enfermagem e depois obstetrícia ou direto obstetrícia ( como existe na USP em SP, e nos EUA existem escolas de formação de parteiras, as Midwives.)
É tem um treinamento bem médico mesmo, e muitas vezes experiência com partos. A Doula tem um treinamento básico e muitas vezes a experiência própria, e é ligada a uma parte totalmente diferente e muito emocional no parto. A doula não dá apoio médico e sim apoio emocional e psicológico, ela cuida da mulher de uma maneira diferente.


Os maridos precisam assistir o parto?
Eu sempre pergunto ao marido o que ele sente, se ele quer participar ou não, quais as expectativas que eles tem, como eles acham que vão se sentir, e a doula na verdade ajuda o marido a se localizar, o que ele quer fazer, ver, não ver etc. E é muito importante que os maridos digam o que acham, pensam, seus medos e suas dúvidas. Alguns amam ajudar e ficam felizes, outros se afastam, depende muito de cada um.


Qual a diferença entre braxton hicks e contrações de parto?
Algumas nem sentem as braxton hicks, e algumas sentem tão forte que acham que é trabalho de parto, a diferença é que não tem intervalo regular, não dilata o colo do útero, e não são intensas, são rápidas.
Você sabe que esta em trabalho de parto quando as contrações são intensas, regulares e dilatam o colo do útero.

E se eu não criar um laço afetivo com meu bebê?
Algumas vezes não acontece de um dia pro outro, algumas mães podem levar um tempo para se ''apaixonar'' pelo bebê. O que é importante é ficar com o bebê pele a pele, a amamentação ajuda muito, e a mãe precisa respeitar seu corpo e sua mente, é um ser totalmente novo. Não se culpe.

O que acontece com a peridural?
Quando a mulher quer, o anestesista é chamado, a mulher precisa ficar bemmm curvada e o anestesista coloca uma agulha bem fina, e aplica o anestésico. Esperamos que a quantidade não seja muito grande para que a mulher consiga ainda se movimentar e sentir as contrações... e precisa ser monitorada pois existem riscos. Por isso só deve ser administrada se a parturiente não conseguir mesmo lidar com o trabalho de parto naturalmente.

O que eu deveria comer e bebê durante o trabalho de parto?
Uma das doulas aconselha mel com água quente, ajuda a hidratar e dar energia. Além disso yogurte, vitaminas, alimentos de fácil digestão, é bom evitar suco de laranja que pode aumentar enjôos e chance de vômito. È bom alternar água com algo doce, evitar chá de camomila que pode deixar a mãe muito sonolenta, e apesar de o ideal ser evitar se a mulher estiver com muita fome ela pode comer um prato quente.



Um comentário:

Ana Willis disse...

Eu tive minha filha em casa e não troco essa experiência por nada!!! Não tomei nem uma aspirina... Passei 7 horas do meu trabalho de parto na água e isso foi maravilhoso!!! Meu primeiro filho nasceu de parto normal no hospital e comparando as duas experiências, ter o bebê em casa foi MARAVILHOSO!!! Odeio hospitais pra falar a verdade, não posso comer a comida, tem gente entrando e saindo do qaurto, não é a minha cama nem meu travesseiro...
Eu tive uma doula divina e uma parteira considerada a melhor parteira de Israel pra fazer o meu parto. Usei Epi-NO para me preparar e exercícios pre-natal. Não tive nem um rasgo! Tudo foi perfeito! Meu marido orou comigo e cantou pra mim o tempo todo, meu filho dormiu como um anjo a noite toda e não viu nada acontecer. Meus vizinhos não ouviram nada. A casa estava cheia de paz e alegria, foi assim que recebemos a nossa Hadassah Liyah que faz 1 aninho semana que vem.