Páginas

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Parto Normal após Cesárea, é possível?

Pesquisa britânica mostra que sim! Conheça os cuidados que você precisa ter

Bruna Menegueço

Uma vez cesárea, sempre cesárea. Você, certamente, já ouviu essa frase. Se o primeiro filho nasceu através de uma cesariana, todos os outros nascerão da mesma forma. As últimas pesquisas, porém, mostram que ter um parto normal após uma cesárea é completamente possível e seguro. A mais recente delas, publicada no Jornal de Ginecologia e Obstetrícia Britânico, mostrou que é possível, sim, ter um parto normal depois de até três cesáreas consecutivas.


Segundo o obstetra Júlio Sales Barbosa, do Hospital e Maternidade Santa Catarina (SP), o principal motivo para não indicar o parto vaginal após uma cesariana é o risco de romper a cicatriz no útero, geralmente durante o trabalho de parto. Esse fator existe, e não é o único, mas não elimina a possibilidade de um parto normal após a cesariana. “Deve-se colocar na balança as vantagens e as desvantagens de cada gravidez antes de decidir pelo tipo de parto. Para ter um parto normal com tranquilidade, o ideal é que a última cesárea tenha acontecido há mais de dois anos. Esse intervalo é necessário para fortalecer a cicatriz no útero e prevenir uma ruptura uterina”, diz. Outros fatores que impedem um parto normal após uma cesariana são o tamanho da bacia da mulher (se for muito estreita) ou se o bebê tiver mais de 3,5 kg.

Se o médico avaliar que as condições são favoráveis, e que nem mãe nem bebê correm riscos, a opção é pelo parto normal. A recuperação é mais rápida, você pode amamentar seu filho logo em seguida e as chances dele enfrentar dificuldades respiratórias são menores etc. No entanto, alguns cuidados especiais são necessários. O trabalho de parto não deve ser induzido com remédios. “As contrações uterinas induzidas são mais fortes e mais próximas, o que pode causar o rompimento da cicatriz do útero, além de sangramento, entre outros riscos”, afirma Júlio. Converse com seu médico e decida com ele o que é melhor para você e para o seu bebê.

As chances de ter um parto normal após uma cesárea são maiores se:

- a cesárea ocorreu porque o bebê não estava encaixado

As chances de ter um parto normal nesses casos são menores se:

-a cesariana anterior foi realizada porque sua bacia é estreita ou se tomou remédio para induzir o parto

*Fonte Revista Crescer

Um comentário:

Classificados Uruará disse...

Oi boa tarde, trabalho numa secretaria de saúde municipal e preciso de algumas estratégias para montar um plano de ação para redução de cesárea, só que assim, preciso montar isso no máximo até semana que vem, teria como vc me dar umas dicas, umas não muitas. Obrigado.

Ronaldo.

ronaldo_rferreira@hotmail.com