Páginas

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Tipos de leite

A recomendação da OMS é que o aleitamento materno seja exclusivo até os 6 meses – e que até o segundo ano seja compartilhado com outros alimentos. Até o primeiro ano, caso a mãe não possa amamentar, o bebê deve receber fórmulas infantis próprias, indicadas pelo pediatra.


 Depois disso, o leite de vaca está liberado. Só que nem todo mundo se adapta bem a ele, apresentando irritabilidade intestinal.

A alternativa mais comum é o leite de cabra ou de búfala. Mas, primeiro, é preciso verificar se a intolerância é à proteína do leite ou ao açúcar, chamado lactose.

No primeiro caso, o leite de cabra ou o hidrolisado são alternativas, por terem suas proteínas quebradas em cadeias menores.

No segundo caso, o recomendado é o leite de soja.

Quando: após o primeiro ano. Os leites de vaca, cabra e ovelha têm quantidade excessiva de proteína e sódio, que podem sobrecarregar os rins.

Quanto: 3 porções diárias a partir do segundo ano.

Como: 3 copos (200 ml cada).

Risco de obesidade: não exagere no achocolatado ou no açúcar.








CONSULTORIA: ARY LOPES CARDOSO, PAI DE MARCELO, RICARDO E GUILHERME, NUTRÓLOGO DO INSTITUTO DA CRIANÇA DO HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA FACULDADE DE MEDICINA DA USP, TEL.: (11) 4617-3766 * JONAS AUGUSTO CARDOSO DA SILVEIRA, FILHO DE ROZENIRDE E JONAS, NUTRICIONISTA DO DEPARTAMENTO DE PEDIATRIA DA UNIFESP

Nenhum comentário: